28º Domingo do Tempo Comum

13/10/2019

EVANGELHO - Lc 17,11-19

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas


Naquele tempo,

indo Jesus a caminho de Jerusalém,

passava entre a Samaria e a Galileia.

Ao entrar numa povoação,

vieram ao seu encontro dez leprosos.

Conservando-se a distância, disseram em alta voz:

«Jesus, Mestre, tem compaixão de nós».

Ao vê-los, Jesus disse-lhes:

«Ide mostrar-vos aos sacerdotes».

E sucedeu que no caminho ficaram limpos da lepra.

Um deles, ao ver-se curado,

voltou atrás, glorificando a Deus em alta voz,

e prostrou-se de rosto por terra aos pés de Jesus

para Lhe agradecer.

Era um samaritano.

Jesus, tomando a palavra, disse:

«Não foram dez que ficaram curados?

Onde estão os outros nove?

Não se encontrou quem voltasse para dar glória a Deus

senão este estrangeiro?»

E disse ao homem:

«Levanta-te e segue o teu caminho;

a tua fé te salvou».

Palavra da Salvação. 


Evangelho Comentado

Frei José Anchieta Varela, IFE

Caros irmãos e irmãs, o Evangelho deste domingo apresenta-nos a realidade de leprosos que se encontram com Jesus e que através de Jesus descobrem a misericórdia e o amor de Deus. Esses leprosos representam toda a humanidade, envolvida pela miséria e pelo sofrimento, sobre quem Deus derrama a sua bondade, o seu amor, a sua salvação. Também aqui se chama a atenção para a resposta do homem ao dom de Deus: todos os que experimentam a salvação que Deus oferece devem reconhecer o dom, acolhê-lo e manifestar a Deus a sua gratidão.
Quem acolhe o dom de Deus torna-se discípulo: identifica-se com Cristo, vive no amor e na entrega aos irmãos e chega à vida nova da ressurreição.

Sejamos gratos a Deus que nos limpa da lepra do pecado, da maldade. Vivamos uma vida que seja pura e por nossos atos demonstremos nossa gratidão por seu amor. Deus abençoe seu domingo.