25º Domingo do Tempo Comum

22/09/2019

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.

Evangelho (Lucas 16,1-13)

16 1 Jesus disse também a seus discípulos: "Havia um homem rico que tinha um administrador. Este lhe foi denunciado de ter dissipado os seus bens.

2 Ele chamou o administrador e lhe disse: 'Que é que ouço dizer de ti? Presta contas da tua administração, pois já não poderás administrar meus bens'.

3 O administrador refletiu então consigo: 'Que farei, visto que meu patrão me tira o emprego? Lavrar a terra? Não o posso. Mendigar? Tenho vergonha.

4 Já sei o que fazer, para que haja quem me receba em sua casa, quando eu for despedido do emprego'.

5 Chamou, pois, separadamente a cada um dos devedores de seu patrão e perguntou ao primeiro: 'Quanto deves a meu patrão?'

6 Ele respondeu: 'Cem medidas de azeite'. Disse-lhe: 'Toma a tua conta, senta-te depressa e escreve: cinqüenta'.

7 Depois perguntou ao outro: 'Tu, quanto deves?' Respondeu: 'Cem medidas de trigo'. Disse-lhe o administrador: 'Toma os teus papéis e escreve: oitenta'.

8 E o proprietário admirou a astúcia do administrador, porque os filhos deste mundo são mais prudentes do que os filhos da luz no trato com seus semelhantes'.

9 Eu vos digo: fazei-vos amigos com a riqueza injusta, para que, no dia em que ela vos faltar, eles vos recebam nos tabernáculos eternos.

10 Aquele que é fiel nas coisas pequenas será também fiel nas coisas grandes. E quem é injusto nas coisas pequenas, sê-lo-á também nas grandes.

11 Se, pois, não tiverdes sido fiéis nas riquezas injustas, quem vos confiará as verdadeiras?

12 E se não fostes fiéis no alheio, quem vos dará o que é vosso?

13 Nenhum servo pode servir a dois senhores: ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de aderir a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e ao dinheiro".

Palavra da Salvação.


Comentário do Evangelho

Frei José Anchieta Varela

Irmãos e irmãs, os filhos do mundo são astutos, sabem agir a seu favor. Nós, os filhos da luz, devemos agir pelo Reino de Deus. Para isso o Senhor nos confia seus bens, que são seus dons. Devemos ser fiéis na administração daquilo que o Senhor nos confia. Sejamos fiéis ao que o Senhor. Fiéis no pouco para sermos fiéis no muito. Fiéis no nosso testemunho pelo qual servimos a Deus. Não nos deixemos seduzir pelo mundo, suas ilusões e suas riquezas. Como diz o Evangelho, não podemos servir a dois senhores. Servir a Deus exige fidelidade, entrega e generosidade. Ou amamos Deus de todo coração ou o desprezamos servindo ao mundo. Irmãos e irmãs, decidamos servir ao Senhor. O mundo e suas ilusões passarão. Servir a Deus é a certeza de possuir o verdadeiro tesouro.

Que seu domingo seja feliz e abençoado. Não esqueça de ir à missa ou, se não puder, ao menos à celebração da Palavra.